Como se conectar a um servidor Linux com Windows utilizando PuTTY e substituir o login por uma senha única

Através deste guia, você aprenderá a como gerar uma senha privada ou pública, que possa ser utilizada em um sistema remoto com SHH usando o PuTTY. PuTTY é um software disponível tanto para Linux, quanto para Windows. E utilizando sistemas de logins, é possível conectar um mesmo servidor nas duas plataformas. Também é possível controlar o login no SSH, desabilitando o procedimento comum onde é necessário inserir nome de usuário e senha e substituindo pelo login com uma senha única, o que significa que só quem tiver essa senha, poderá ter acesso ao SSH. 

Nesse tutorial, foi usado o desktop Windows para se conectar a um servidor SSH Linux. O IP do servidor no exemplo, será 192.168.0.100.

 

Instale PuTTY, PuTTYgen e Pageant no Windows System

Para a instalação, baixe os arquivos dos programas e os salve. O download pode ser feito no próprio site do PuTTY:

http://the.earth.li/~sgtatham/putty/latest/x86/putty.exe

http://the.earth.li/~sgtatham/putty/latest/x86/puttygen.exe

http://the.earth.li/~sgtatham/putty/latest/x86/pageant.exe

 

Crie um perfil com as configurações do servidor

Utilizando PuTTY, você pode criar perfis para se conectar a vários servidores SSH diferentes. Desta forma, não é necessário realizar as configurações todas as vezes que for se conectar a um determinado servidor. Inicie o PuTTY e vá até a categoria Session. Insira o IP como Host Name22 como Porta e selecione SSH na opção Protocol. Então, acesse Connection -> Data e informe o nome de usuário que você quer que seu servidor SSH possua. Então, vá até Session novamente. Em Saved Sessions, insira o nome do perfil e clique em Save. 

Se conecte ao servidor SSH 

 

Agora, será possível se conectar ao seu servidor SSH clicando em Open. Ao se conectar no servidor pela primeira vez, uma mensagem de segurança irá aparecer. Isso acontece porque o PuTTY ainda não possui a senha única. Clique em "Yes".  

Gerando a senha única

A senha única, pública ou privada pode ser gerada no PuTTYgen. Acesse o programa. Na opção "Type of Key" selecione SSH-2 e especifique 1024as como número de bits para a senha. Então, clique em Generate. Agora que a senha foi gerada, em Key Comment, faça um comentário referente a senha. Pode ser seu e-mail. Não esqueça de anota-la e salvar as informações. 

 

Salvando a senha no servidor

Ao fazer login no seu servidor SSH, ele ainda continuará pedindo seu nome de usuário e senha. Então, você deverá alterar o arquivo do SSH, colando a senha gerada como uma das senhas permitidas para login. Use os comandos:

mkdir ~/.ssh
chmod 700 ~/.ssh

vi ~/.ssh/authorized_keys2

ssh-rsa AAAAB3NzaC1yc2EA[...]Lg5whU0zMuYE5IZu8ZudnP6ds= myname@example.com

E então, rode o comando:

chmod 600 ~/.ssh/authorized_keys2

  • PuTTY, linux, login
  • 0 Usuários acharam útil
Esta resposta lhe foi útil?

Related Articles

Como reiniciar a rede Ubuntu?

O reiniciamento da interface de rede Ubuntu só pode ser realizado depois que a interface de rede...

Como saber a última vez que um usuário esteve logado no sistema Linux?

  Neste tutorial, você irá conseguir saber como verificar quem usou recentemente o servidor...

Como saber o quanto de RAM ainda há no sistema?

  Alguns usuários pensam que o Linux "rouba" espaço de memória RAM não utilizada para o seu...

Como otimizar seu MySQL

Para realizar otimização do MySQL é recomendado utilizar o mysqlmymonlite.sh...

Como se conectar remotamente com um servidor MySQL

Esse é um tutorial que irá lhe ensinar a como se configurar e se conectar a um servidor MySQL...